Hospital Municipal Pedro I já dispõe de 40 respiradores

Hospital Municipal Pedro I já dispõe de 40 respiradores

Referência no tratamento de pacientes com Covid-19 para 70 municípios paraibanos que compõem a segunda macrorregião de saúde do estado, o Hospital Municipal Pedro I, em Campina Grande, conta com quarentena respiradores. Até o mês de março, a unidade possuía dez respiradores, mas a quantidade de aparelhos foi ampliada por conta da pandemia do novo coronavírus. A proposta da Prefeitura é ampliar, ainda mais, a capacidade de atendimento na unidade nos próximos dias.

Atualmente, o hospital conta com 96 leitos exclusivos para Covid-19, sendo 30 de UTI e 66 de internação regular. Até o início de maio, a capacidade no complexo hospitalar do Pedro I deve aumentar, com a entrega do hospital de campanha. A nova unidade vai funcionar, temporariamente, na estrutura que estava sendo construída para abrigar a Central de Hemodiálise da cidade, onde serão disponibilizados mais 42 novos leitos para tratamento da Covid-19.

Segundo o secretário municipal de saúde, Filipe Reul, além dos leitos no Pedro I, a Prefeitura também reservou leitos leitos exclusivos com respiradores para Covid-19 nas UPAs 24h, na maternidade do Isea e no Hospital da Criança e do Adolescente.

“Estamos preparados para enfrentar este desafio, porque Campina Grande se uniu neste propósito. O esforço do prefeito Romero Rodrigues, somado às doações que recebemos do Tribunal de Justiça da Paraíba, do Ministério Público do Trabalho, ministérios públicos estadual e federal, além do setor empresarial da cidade, nos possibilitou a aquisição de respiradores e insumos que serão decisivos para que possamos salvar vidas”, afirmou o secretário. 

Fonte: CODECOM

Deixe uma resposta