Secretaria de Saúde realiza preparação do Isea para internação de gestantes com Covid-19

Secretaria de Saúde realiza preparação do Isea para internação de gestantes com Covid-19

A Prefeitura Municipal de Campina Grande está trabalhando na preparação de toda a sua rede para o atendimento adequado aos casos de coronavírus na cidade desde o mês de fevereiro. Agora, a Secretaria de Saúde está estruturando o Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (Isea) para atender as gestantes com suspeita com confirmação da Covid-19.

Para isso, o Centro de Parto Normal (CPN) foi transformado em uma enfermaria para casos simples e observação de pacientes com cinco leitos. O espaço foi escolhido porque o acesso ao CPN é pelo lado externo, o que possibilita que a paciente não tenha nenhum contato com os outros ambientes da maternidade, para proteger as gestantes, os bebês e as mães no pós-parto na unidade.

Na UTI materna, cinco leitos foram isolados para atender exclusivamente as grávidas que precisarem de cuidados intensivos. Outros cinco leitos estão sendo construídos separados dos demais leitos da UTI, para atender as mulheres com outras complicações decorrentes da gravidez e do parto.
Além disso, o Isea está estruturando um espaço externo para realizar triagem de gestantes com suspeita de coronavírus para que elas não precisem entrar na recepção. Apesar desse cuidado adicional, as gestantes com suspeitas não devem procurar diretamente o Isea, e sim, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h do Alto Branco.

“Todas essas medidas têm o objetivo de dar a máxima proteção para as gestantes com suspeita, para os seus bebês, bem como para as mães e grávidas que estão dentro da maternidade, além dos profissionais de saúde também. O acesso à UTI e ao CPN está completamente restrito e obras estão sendo realizadas para isolar ainda mais esses espaços”, disse o Secretário de Saúde, Filipe Reul. 

Fonte: CODECOM

Deixe uma resposta